Museu São Luiz do Paraitinga
Casa Oswaldo Cruz

Editais/Prêmios:
Edital ProAc nº18/2018 de Preservação de Acervos Museológicos

Museu São Luiz do Paraitinga
Casa Oswaldo Cruz

Editais/Prêmios:
Edital ProAc nº18/2018 de Preservação de Acervos Museológicos

O projeto executivo

Em homenagem aos 250 anos da cidade de São Luiz do Paraitinga e no marco de 10 anos da Grande Enchente de 2010, a ConectaMUS iniciou o projeto de Modernização e Ampliação do Acervo do Museu Histórico Pedagógico Oswaldo Cruz, o qual resultou na implementação do Museu São Luiz do Paraitinga – Casa Oswaldo Cruz, o primeiro museu municipal da cidade.
O projeto foi contemplado pelo edital de Preservação de Acervos Museológicos do Programa de Ação Cultural (ProAc) da Secretaria de Cultura e Economia Criativa de São Paulo em 2018. Baseado no Plano Museológico elaborado em 2015 por Júlio Abe Wakahara, Gisele Leite e Silvia Bigarelli, em parceria com a ACAM Portinari e SISEM SP, o projeto de modernização foi realizado ao longo do ano de 2019, sendo entregue em 16 de novembro do mesmo ano. O processo contemplou diversas etapas dentro de pesquisa, salvaguarda e comunicação museológica. Com a assessoria técnica da ConectaMUS, a Secretaria Municipal de Turismo e Cultura elaborou a lei de fundação do museu para envio à Câmara Municipal. Com a aprovação, fundou-se o Museu São Luiz do Paraitinga – Casa Oswaldo Cruz através da Lei nº 1.970 de 27-05-2019.

Pesquisa e levantamento de acervo

O levantamento do acervo do Museu São Luiz do Paraitinga utilizou a metodologia de coleta de acervos em rede, trabalhando com a digitalização de documentos de diferentes instituições públicas e privadas. Ao todo, foram coletados 2220 itens para o acervo, dos quais foram selecionados 1177 objetos museológicos digitais para compor 4 coleções: Hemeroteca, Iconoteca, Cartográfica e História Oral.

Imersões e registro audiovisual

Uma das etapas mais intensas foram as imersões às festividades de São Luiz do Paraitinga. Sendo a “cidade das mil festas”, fez-se necessário imergir naquele cenário enredado pela musicalidade, tradições e religiosidade, para então conseguir registrar alguns fios que tecem a complexa malha cultural da cidade. O trabalho de imersão neste cenário permitiu à equipe de pesquisa acompanhar, ao longo do ano, as principais festas realizadas na cidade como a Festa de Reis e a tradicional distribuição de doces aos visitantes; o 34º Festival de Marchinhas, que todos os anos celebra a musicalidade regional e revela novos talentos; o tradicional carnaval de São Luiz do Paraitinga e seus blocos que arrastam multidões; a Semana Santa, importante celebração religiosa na cidade marcada por cortejos e procissões; a Festa de São Pedro de Catuçaba e a multicolorida Festa do Divino, conhecida pela reunião de diversas manifestações culturais e religiosas, a preparação do afogado e as musicalidades com os grupos de congadas e moçambiques. A imersão neste ambiente festivo está registrada por meio de fotos, vídeos e áudios.

Pesquisa de história oral e vídeo cabine

As entrevistas de História Oral foram muito utilizadas para compor o acervo do Museu São Luiz do Paraitinga. Foram realizadas diversas pesquisas para o levantamento dos possíveis entrevistados, com diferentes grupos sociais da cidade. Ao todo foram entregues 18 entrevistas de História de Vida.

Para a coleta de depoimentos em festividades, a ConectaMUS ativou as Videos Cabines, um trabalho de coleta de depoimentos de Histórias Temáticas, na qual o entrevistado responde perguntas relacionadas àquele tema específico. As Video Cabines ConectaMUS foram ativadas na Festa do Divino e na Festa de São Pedro de Catuçaba, ambas realizadas em 2019.

Identidade visual da instituição

Identidade visual realizada em parceria com a CASA REX São Paulo, foi pensada para transmitir os diversos elementos patrimoniais da cidade. Desde a imaterialidade das festas, com suas paletas de cores, até o contorno dos rios e os mares de morros, paisagem característica da região.

Exposição de longa duração

A nova expografia do Museu São Luiz do Paraitinga tem o intuito de mostrar que comunidade é essa que conseguiu reconstruir uma cidade inteira após uma tragédia como a Grande Enchente de 2010. Com intuito de estimular o imaginário do visitante a partir das cores do carnaval, musicalidade e as relações de afeto e pertencimento ao lugar que se vive. Conheça as principais salas do Museu São Luiz do Paraitinga:

Ficha técnica

Concepção e Desenvolvimento | ConectaMUS
Direção Geral e Curadoria | Diana Poepcke
Identidade Visual | Casa Rex
Cenografia | Chroma3 Arquitetura
Interatividade | ADA Ateliê Digital Analógico
Audiovisual | Paulo Pereira e Otávio Rangel
Textos Expográficos | Diana Poepcke e Thales Gayean
Pesquisa de Acervo | Camila Kézia Ribeiro, Clarisse Cancela, Juliana Knobel, Leda Nardi, Thiago Hauki, Tamirys Gabriela.
Plano Museológico | Julio Abe Wakahara, Giselle Marques Leite, Maria Silvia Bigareli